Francesinha Blog Arquivo para Cabelos - Página 3 de 3 - Francesinha Blog
Postado por: Bruna Andrade
cabelos category image
Postado em: 08 de fev de 2016
Minha transição capilar: 2 anos sem progressiva!

Minhas lindeeeeeezas! Voooooltei e com notícias boas hein?! Lembram que há uns dois meses atrás postei um vídeo sobre a minha transição capilar? Então, fiz um outro vídeo mostrando como está meu cabelo 2 anos após deixar a progressiva de lado.

Estou muito contente com o resultado de todas as hidratações caseiras, tanto com Kérastase, Redken, Matrix, Yenza, Silicon Mix, Assie como com o óleo de coco. Durante esses 2 anos que decidi não alisar mais e voltar a assumir meu cabelo natural, muita coisa aconteceu. Fiquei loira, voltei a ficar morena, tudo isso agrediu muito o cabelo, por isso a sua transição foi ainda mais demorada. Nesses últimos dois anos estive a base de chapinha, com vergonha de assumir meu cabelo real até que um dia me senti livre, preparada para assumi-lo e pasmem, o resultado foi melhor do que eu esperava.

Há exatamente 3 semanas percebi que não sentia mais a necessidade de usar chapinha, que apenas secando meu cabelo já era o suficiente para que o mesmo me agradasse. Aaaaaí foi uma alegria totaaal! Fiquei encantada pelo meu cabelo, pela textura dele, por ele não ser nem liso, nem cacheado. E o melhor de tudo, posso pegar chuva e não me preocupar com o encolhimento do cabelo haha.

Aí você pensa: “Quero parar de alisar meu cabelo, mas meu cabelo está horrível, parece uma palha!” – Aí eu te falo, não foram apenas momentos bons, tive dias de me olhar no espelho e querer raspar o cabelo, dias de não ter tempo para lavar, secar, chapar e ainda usar o babyliss para disfarçar nas pontas horríveis. Esses dois anos foram de muita força de vontade e ir empurrando com a chapinha até chegar o momento de libertação da mesma. E esse momento chegou. Estou muito feliz em poder compartilhar com vocês isso e sim, agora me verão na rua de cabelo natural! Chapinha? Quem? Hãm? Não fará mais parte do meu dia-a-dia, será apenas um artifício para mudar a textura do meu cabelo no dia que eu quiser usar e não sempre!

Portanto, sintam-se encorajadas pois sou uma prova de que é possível sim voltar ao cabelo natural. Com bastante esforço, mas é possível! Confiram o vídeo:

O que acharam? Quem também está nessa saga comigo? Quem ainda não teve coragem de largar a progressiva? Me contem a maior dificuldade de vocês, vou amar saber! Um beijo e um queijo!


Postado por: Bruna Andrade
cabelos category image
Postado em: 23 de out de 2015
Óleo de coco como alisante natural parte 1!

O óleo de coco é capaz de ser protagonista de vários e vários posts aqui no blog. Dessa vez vou dividir esse assunto em duas partes. Na primeira parte me referirei ao óleo de coco como um alisante natural a curto prazo. Se o seu cabelo está bem ressecado, danificado, com um aspecto totalmente degastado, uma hidratação com óleo de coco pode melhorar a saúde do cabelo em apenas uma aplicação. Mas, como nada é instantâneo, se você quer um cabelo liso naturalmente, sem o uso de produtos químicos, o prazo é mais longo e isso é assunto para a segunda parte do post sobre o óleo de como como alisante natural.

O que o óleo de coco tem de especial? Como ele influência na saúde do cabelo? Como fazer essa hidratação? Ele muda o aspecto do cabelo? Então, não sou nenhuma bióloga ou química especialista em óleo de coco, mas garanto que esse rapazinho vem sendo alvo de vários estudos meus. O óleo de coco possui um aminoácido essencial chamado lisina, o qual não é produzido naturalmente pelo corpo. O que acontece é: conforme o uso do produto, esse aminoácido vai sendo lentamente “injetado” no córtex capilar, onde a sua presença é nula. Portanto, o uso contínuo do óleo de coco no cabelo, tem sim o poder de alisamento natural. Lembrando: esse processo é BEM DEMORADO, exige disciplina, dedicação e muita paciência. Mas, o assunto do post de hoje ainda não é esse. A intenção era só fazê-las entender o porque o óleo de coco “alisa” a curto prazo o cabelo e restaura o aspecto de saúde do mesmo em poucas aplicações.

Se você quer usá-lo apenas em ocasiões ou quando seu cabelo está muito ressecado, poucas aplicações já resolvem o problema. E foi isso que eu fiz na primeira vez para experimentar o famoso óleo de coco. E funcionou. Funcionou muito! Tanto que hoje em dia uso-o como alisante natural na minha transição capilar, que será assunto de um outro post aqui mais lá na frente.

Se você está curiosa para saber o efeito do óleo de coco em apenas uma aplicação, fica de olho no vídeo:

A dúvida que deve está rolando na sua cabeça agora é: “Esse óleo de coco vai deixar meu cabelo oleoso?” E a resposta é bem simples: NÃO! Já ouviram falar que óleo combate óleo? O que acontece é que ao aplicarmos o óleo de coco em um local que já produz oleosidade, o organismo entende que já produziu oleosidade suficiente e reduz a produção de sebo. Isso não é incrível? Então, pode ficar despreocupada com isso. Usa e abusa do óleo de coco para deixar seu cabelo mais brilhoso e sedoso.

E ai? O que acharam? Estão curiosas para a próxima parte do post? Garanto que vão amar. Me contem aqui se já usam ou se têm medo de usar o óleo de coco nos cabelos. Quais são suas dúvidas? Me perguntem aqui nos comentários, responderei tudo. Agora, um beijo e um queijo meus amores e até o próximo post.

1 pessoa curtiu!


Postado por: Bruna Andrade
cabelos category image
Postado em: 13 de dez de 2014
Do moreno para o loiro, parte 1!

Olá meninas, acho que nem todas sabem: eu era morena, morena da Silva! E não fiquei loira do nada hein?! Portanto, esse post é para esclarecer como eu fui ficando loira e talvez auxiliar algumas de vocês que tem curiosidade ou vontade de ficar loira, porém, não sabe como. Então, vamos lá né?!

No comecinho de outubro eu estava assim:

pageescuro
Bem escuro, mas com algumas iluminações. Foi ai que eu e o Rafa (meu namorado), resolvemos iluminar um pouco mais antes de chegar no loiro de vez. Foram feitas novas mechas fininhas e vou explicar um pouco do que foi feito.

pageprocesso
Passo nº 1: Usamos uma quantidade específica para o meu cabelo do pó descolorante da Amend. Cada tamanho de cabelo vai exigir uma quantidade, em gramas, diferente.

Passo nº 2: Depois de depositar a quantidade necessária de descolorante, foi usada uma pequena porção de um pigmento azul para facilitar o clareamento do fio.

Passo nº 3: O que não poderia faltar é a fiel escudeira das loiras né?! A água oxigenada (H2O2, amo química por isso dei uma de nerd e escrevi a fórmula molecular dela aqui, rs).

Passo nº 4: Após pesagem de todos os produtos utilizados, vem a parte mais simples que é misturá-los e enfim começar a lambança (ops, as mechas), que é a parte mais perfeccionista e complicada. Como eu não tenho muito currículo para falar a técnica que foi usada nas mechas, vou direto ao ponto: o resultado.

cats
Esse foi o resultado do processo descrito acima, após uma semana desse dia veio a transformação atual. Maaaaas, isso é assunto para um outro post, senão esse aqui ficará imenso. Foi isso minhas lindas, em breve postarei o passo a passo para chegar ao loiro definitivo, continuem acompanhando o blog, comentem o que acharam, quais suas dúvidas, como vocês ficaram loiras, ou seja, tuuuuuuudo! Um beijo e um queijo gatinhas!

Curtiu? 4 curtiram!